Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sinto falta de ti

por poesianunorita, em 10.05.07

Por vezes sinto falta de Ti

como um rio na barragem

sente a falta do mar,

como uma árvore com folhagem

sente a falta do vento para a embalar,

ou como uma sombra

sente a falta da luz para se projectar.

 

Então vou procurar-te

como uma andorinha

procura o local do seu passado,

como uma criancinha

procura a mãe só para estar ao seu lado,

ou como uma mão

procura outra num aconchego desejado.

 

Sei que te encontrarei

como alguém

que encontra o seu caminho,

como o homem

que encontra o teu carinho,

ou como o amor

que encontra o seu ninho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:46


6 comentários

De aspalavrasnuncatedirei a 10.05.2007 às 13:13

Olá Nuno!
Adorei este poema. Muito bem escrito, muito emotivo. Parabéns. Visita-me aspalavrasnuncatedirei.blogs.sapo.pt

De Sonhadora a 20.05.2007 às 23:20

Gostei muito deste poema
Sentido e com esperança de solução.
Nem sempre alcançamos o desejado encontro,
mas é importante prosseguir a viagem...com encontros e desencontros... o amor pode estar aqui ao lado...
Continua a brindar-nos com estes pedaços de ti

De RB a 22.05.2007 às 05:59

Obrigada por me fazeres sentir procurada , procura-me sempre que quiseres, que estarei sempre de mão estendida para ti! mil beijos

De poesianunorita a 23.05.2007 às 12:16

Tu sabes que eu te amo e que és a minha musa.

De Henrique Mendes a 27.06.2007 às 01:03

como uma mão procura outra, num aconchego desejado
como um gesto no escuro, alto como um grito

Lindo, seu poema

De poesianunorita a 27.06.2007 às 11:46

Obrigado por ter vindo ao meu cantinho e agradeço pelo comentário.
Cumprimemtos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


calendário

Maio 2007

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031