Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dia de sentir...

por poesianunorita, em 10.03.07

O peito vibra,

o coração estremece,

mas a erupção não acontece.

 

O cérebro quer,

a vontade também,

mas o verso não depende de ninguém.

 

A boca murmura

a rima normal.

Mas a ideia que sinto não é banal.

 

Sento-me aqui

a esgotar serões,

mas o poema lá terá as suas razões.

 

Hoje é dia de sentir,

não de escrever...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:40


2 comentários

De Cidaense Homenis a 10.03.2007 às 12:25

Queria escrever um poema onde não tivesse que rimar, este é o meu dilema que estou pronto a enfrentar.Mas agora que olho com olhos de ver vejo que as palavras brincam no seu mundo com o seu magico saber...
gosto do teu blog.tem poemas lindissimos.

De Edileia a 10.03.2007 às 22:18

Olá, poeta, gostei muito de tua poesia, desse teu cantinho também. Estás realmente de parabéns.
Muita sorte e sucesso.
Edileia. (de Luso Poemas)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


calendário

Março 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031