Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

vizinho das nuvens

ENTRA E BEBE UM CAFÉ DE POESIA

vizinho das nuvens

ENTRA E BEBE UM CAFÉ DE POESIA

Enquanto a Lua...

Julho 13, 2007

poesianunorita

Quando a lua empurra o mar

eu beijo água que me deu vida.

Quando a lua sorri no céu

eu acendo-lhe uma despedida.

 

Quando a terra se espreguiça

eu espreguiço-me com ela.

Quando a terra se emociona

eu pinto-lhe uma aguarela.

 

Quando o vento afaga troncos

eu sorrio de alegria.

Quando o vento corre louco

eu fico louco de poesia.

 

Quando o fogo dança dentro

eu acendo chamas de esperança.

Quando o fogo queima novo

eu transpiro a confiança.

 

Quando dois lábios se tocam

eu gotejo força de paixão.

Quando dois lábios se querem

eu entrego o meu coração.

4 comentários

Comentar post

Visitantes

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D