Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

vizinho das nuvens

ENTRA E BEBE UM CAFÉ DE POESIA

vizinho das nuvens

ENTRA E BEBE UM CAFÉ DE POESIA

Espero por Ti

Março 18, 2007

poesianunorita

Espero por Ti.

O tempo cruza-me e eu

Espero por Ti.

A viagem que não acaba, mas

Espero por Ti.

Quando meto a chave à porta,

Espero por Ti.

Cheirando uma flor,

Espero por Ti.

Soletrando o teu nome,

Espero por Ti.

Cantando uma canção,

Espero por Ti.

Andando pela rua,

Espero por Ti.

Espreitando o céu,

Espero por Ti.

Rondando as montras,

Espero por Ti.

Escrevendo mensagens,

Espero por Ti.

E de tanto esperar sei que te amo.

 

No canto mais pequeno...

Março 16, 2007

poesianunorita

 

 

No canto mais pequeno...

Onde as parede se beijam.

É lá que se sente bem;

Onde as dimensões não o sufocam;

Onde fica plano como um desenho egípcio;

Onde as emoções ficam bidimensionadas:

Olhos e mente.

O coração e as tripas ficam obscurecidos,

Sem dimensão sentimental.

          Apenas ver e tentar perceber!

Não sentir as tripas a mexer,

O coração a bater.

         Fechado.

         Dormente.

No canto mais pequeno...

Onde as paredes se beijam...

Lisboa

Março 14, 2007

poesianunorita

Lisboa,

Como são as pedras do teu chão?

São pedregulhos quadrados,

De cantos arredondados,

Que escurecem a visão.

 

Lisboa,

Como são as pedras da tua calçada?

São pedaços de entranhas,

Retirados das montanhas,

Por uma gente honrada.

 

Lisboa,

Quem te ladrilhou o ser?

Foram hordas de operários,

Com desenhos e mostruários,

Que cumpriram o dever.

 

Lisboa,

Quem pisa as tuas pedras enegrecidas?

É este povo diferente,

De contrastes e de gente

Que chora as suas vidas.

Jardim

Março 13, 2007

poesianunorita

 

Ao chegar, uma folha me saudou.

O vento, curioso, veio ver quem era,

O sol pela folhagem também espreitou.

E dois melros olharam,

Num repente voaram,

Para avisar ao jardim de quem chegou.

 

O pinheiro grande vibrou com a emoção.

Vieram, então, os pardais cumprimentar-me.

Dos plátanos ouvi a mágica canção

Que só eles sabem cantar,

Que me faz sempre dançar,

E me enche a alma e o coração.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D