Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

vizinho das nuvens

ENTRA E BEBE UM CAFÉ DE POESIA

vizinho das nuvens

ENTRA E BEBE UM CAFÉ DE POESIA

Segura naquela estrela

Agosto 25, 2009

poesianunorita

Segura naquela estrela enquanto eu vou buscar

uma caixa pequenina para a poder guardar.

 

Faço dela candeeiro que de noite me alumia, 

assusta para longe os monstros da minha fantasia.

 

Segura nessa lua que eu vou buscar a tesoura,

vou pendurá-la no meu quarto como poster de cantora.

 

Agarra nessa nuvem que a quero para almofada

se for grande faço com ela uma cama enfeitada.

 

Desfia uma história antes de eu adormecer,

enrola o novelo dos sonhos, fonte onde vou beber.

O Poema disse aos seus ouvintes...

Agosto 06, 2009

poesianunorita

 

E tomando a Palavra, o Poema disse aos seus ouvintes:


        - Este é o meu Corpo!  Tomai e lê-de.

           Este é o meu sangue,

           sangue que vos mata a sede.


E pousado sobre a mesa terminou dizendo:

        - Fazei isto em memória dos poetas.

                                     Assim seja

Visitantes

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D