Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

vizinho das nuvens

ENTRA E BEBE UM CAFÉ DE POESIA

vizinho das nuvens

ENTRA E BEBE UM CAFÉ DE POESIA

A primeira folha que caiu...

Novembro 22, 2011

poesianunorita

 

A primeira folha que caiu, 

flutuou suavemente até ao chão.

Logo outras lhe seguiram a queda,

ficando o soalho da sala cheio destas folhas

verdes douradas.

Pairavam um momento antes de atingirem o chão

com um ruído leve e abafado.

Visto do sofá este espectáculo parecia uma

queda de neve dourada, constante,

até que ficou tudo coberto,

móveis, televisão, sofá, mesa, eu.

O cheiro a folhas secas tocadas pelo orvalho

evolava-se e invadia-me por completo,

deixando na boca um gosto a terra.

Levantei-me e fui atirar as folhas,

que estalavam sob os meus pés,

ao ar, enquanto ria lepidamente.

 

É bom ter a casa cheia de Outono...

Visitantes

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D