Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

vizinho das nuvens

ENTRA E BEBE UM CAFÉ DE POESIA

vizinho das nuvens

ENTRA E BEBE UM CAFÉ DE POESIA

Bolinhas de sabão

Março 08, 2007

poesianunorita

Sopro de água, sopro de vida

nas narinas de uma bola.

 

Mergulhas profundo no frasco de sabão.

Com o teu sopro cobres o mundo

das bolas puras e simples da ilusão.

 

Tão belas e suaves, flutuam no ar.

Tão transparentes, lisas e breves,

num colorido rico e de encantar.

 

Que formas perfeitas, que riso tão solto.

Com estas bolinhas te enfeitas

e afirmas o teu olhar de maroto.

 

Sopro na água, sopro de vida,

apenas por alguns segundos.

3 comentários

Comentar post

Visitantes

Mais sobre mim

foto do autor

Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D